Topo
Blog Todos a Bordo

Blog Todos a Bordo

Avianca tem mais de 50 voos cancelados hoje; passageiros reclamam

Vinícius Casagrande

2015-04-20T19:14:02

15/04/2019 14h02

Avianca tem mais de 50 voos cancelados nesta segunda-feira (Vinícius Casagrande/UOL)

Passageiros da Avianca que tiveram voos cancelados hoje no aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, reclamam da falta de informação da companhia aérea. Durante todo o dia, a Avianca cancelou 22 saídas do aeroporto de Guarulhos. No total, são mais de 50 cancelamentos programados para esta segunda-feira em todo o país.

Para os próximos dias, a Avianca deverá ter mais de 50 voos cancelados por dia. A empresa já divulgou novos cancelamentos até o próximo sábado.

Apesar da quantidade de voos afetados, o clima na área de check-in da companhia aérea era de tranquilidade durante toda a manhã. Alguns passageiros, no entanto, reclamavam da falta de informação, e disseram que só ficaram sabendo do cancelamento do voo no momento de fazer o check-in.

Leia também:

Segundo a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), a companhia aérea deve informar as mudanças com antecedência de 72 horas em relação ao horário do voo. "A empresa aérea deverá oferecer ao passageiro as opções de reacomodação em voo próprio ou de outra companhia aérea, reembolso integral ou execução do serviço por outro meio de transporte. A escolha é do passageiro", afirma a Anac.

No caso de o passageiro não ter sido informado sobre o cancelamento ou atraso do voo, a companhia aérea também deve prestar a chamada assistência material.

A partir de 1 hora: comunicação (internet e telefone).

A partir de 2 horas: alimentação (voucher, refeição ou lanche).

A partir de 4 horas: hospedagem (somente em caso de pernoite no aeroporto) e transporte de ida e volta. Se o passageiro estiver no local de seu domicílio, a empresa poderá oferecer apenas o transporte para sua residência e desta para o aeroporto.

"A Avianca Brasil reitera que cumpre a resolução 400 da Anac, em relação aos passageiros com voos cancelados". A empresa orienta os passageiros a consultar a relação dos voos cancelados no site da companhia.

Passageiros aguardam uma resposta da Avianca no aeroporto de Guarulhos (Vinícius Casagrande/UOL)

Passageiros foram surpreendidos com o cancelamento

A empresária Andrea Corrêa embarcaria para Natal (RN) para uma viagem de férias de 12 dias com a família no voo das 12h40. Ao chegar no aeroporto de Guarulhos por volta das 11h, a empresária foi informada que voo havia sido cancelado. Segundo ela, a Avianca não informou o cancelamento com antecedência.

Ao tentar resolver a situação, Andrea afirma ter sido informada que a única alternativa possível seria solicitar o reembolso dos valores pagos pela passagem. A empresária pagou R$ 7.831 nos quatro bilhetes de ida e volta para a família. Para comprar uma nova passagem na Gol para viajar ainda hoje, precisaria desembolsar R$ 9.600. Dessa forma, teria um prejuízo de R$ 1.800. "Não tenho condições de pagar essa outra passagem", afirmou.

Após mais de uma hora de negociação com os atendentes da Avianca no aeroporto de Guarulhos, toda a família foi reacomodada em outro voo da própria Avianca com horário previsto para decolagem às 21h35.

A assessora política Ana Cristina Coelho também foi surpreendida com o cancelamento do voo. Ela retornaria a João Pessoa (PB) no voo das 8h50, mas só ficou sabendo do cancelamento ao chegar ao aeroporto de Guarulhos. Por volta das 11h30, conseguiu ser reacomodada em um voo da Latam que sai de São Paulo às 23h30.

"É um absurdo porque fiz uma cirurgia de doação de rim há 12 dias. Tive a liberação médica para viajar, mas não posso ficar todo esse tempo no aeroporto", afirmou. A Avianca deu voucher para café da manhã e almoço, mas afirmou que a acomodação em hotel só é possível em casos de pernoite.

O coordenador comercial Joel Bispo teve voo cancelado para Curitiba (Vinícius Casagrande/UOL)

Telefones congestionados

O coordenador comercial Joel Bispo ficou sabendo que seu voo para Curitiba havia sido cancelado no sábado (13). Ao tentar entrar em contato com a Avianca, no entanto, não conseguiu nenhuma resposta da empresa, segundo ele.

"Liguei para a Avianca, mas por telefone ninguém consegue falar. Fiquei esperando na linha, mas ninguém atende. Vim no próprio sábado ao aeroporto para resolver, mas disseram que não podiam fazer nada", afirmou Bispo.

Com o voo marcado para as 13h30, o coordenador comercial chegou ao aeroporto às 8h. Depois de recusar o reembolso, Bispo foi reacomodado em um voo da Gol das 17h05.

A agente prisional Hielly Salviano viajava de Belém (PA) para Chapecó (SC) (Vinícius Casagrande/UOL)

Os problemas da agente prisional Hielly Salviano começaram na noite de ontem em Belém (PA). Ela tinha apenas uma parada em Guarulhos antes de seguir para Chapecó (SC). O voo da Avianca que sairia de Belém às 04h10 foi cancelado e Hielly foi reacomodada em um voo da Latam. O novo voo deveria sair às 5h, mas teve atraso de mais de uma hora.

Com a mudança, Hielly não chegou a tempo para embarcar no voo da Avianca para Chapecó, que decolou no horário previsto de Guarulhos, e precisou ser reacomodada novamente em outro voo da Latam.

Sobre o blog

Todos a Bordo é o blog de aviação do UOL. Aqui você encontra notícias sobre aviões, helicópteros, viagens, passagens, companhias aéreas e curiosidades sobre a fascinante experiência de voar.