Topo
Blog Todos a Bordo

Blog Todos a Bordo

Vídeos mostram 5 vezes em que shows aéreos acabaram em acidentes

Vinícius Casagrande

2030-03-20T19:04:00

30/03/2019 04h00

A acrobacia aérea é uma das atividades mais arriscadas da aviação. Para realizar manobras como loopings (giro vertical de 360 graus), parafuso (queda livre girando) ou mesmo voos em formação com vários aviões, os pilotos precisam de um treinamento exaustivo. Mesmo com toda preparação, muitos acidentes acontecem durante apresentações dos shows aéreos em todo o mundo (veja cinco acidentes no vídeo acima).

Esses espetáculos atraem uma multidão para assistir às apresentações das esquadrilhas mais famosas do mundo. Com a proximidade do público, quando algo sai errado, as pessoas em terra firme também ficam vulneráveis.

Leia também:

Para ir na janela do avião: veja o pouso em aeroportos com vistas incríveis

Vídeos mostram o pouso nos aeroportos mais assustadores do mundo

Airbus A380 tem 22 rodas, e troca do trem de pouso demora 14 dias

Um dos acidentes mais graves em uma apresentação desse tipo aconteceu em 2002 durante o Sknyliv Air Show, na Ucrânia. Mais de 10 mil pessoas assistiam às manobras realizadas pelo caça russo Sukhoi Su-27 quando os dois pilotos a bordo perderam o controle do avião. Eles conseguiram se ejetar do caça, mas após a queda o avião atingiu parte do público, matando 77 pessoas e deixando outras 543 feridas.

Outro caso famoso aconteceu durante o show aéreo de Ramstein, na Alemanha, em 1988. A esquadrilha da Força Aérea Italiana Frecce Tricolori fazia uma apresentação com dez aviões Aermacchi MB-339. Em uma das manobras, os aviões deveriam se cruzar no ar a curta distância. Por erro de um dos pilotos, três aviões se chocaram. As aeronaves explodiram no ar e foram lançadas em direção à plateia. Além dos três pilotos, morreram mais 67 pessoas e mais de 500 ficaram feridas.

No caso do acidente durante o Shoreham Air Show de 2015, na Inglaterra, a queda de um jato militar atingiu uma estrada próxima ao local de apresentação. O jato realizava um looping, mas não conseguiu retomar a altitude no final da descida e se chocou com a rodovia, atingindo diversos carros. O piloto conseguiu se ejetar antes da queda, mas o acidente deixou 11 mortos e 16 pessoas feridas.

O acidente em Reno, nos Estados Unidos, não foi durante uma manobra de acrobacia. Os pilotos disputavam a tradicional corrida aérea local, quando o piloto de um avião North American P-51D Mustang perdeu o controle e caiu bem em frente ao público. O piloto e dez espectadores morreram no acidente e outras 69 pessoas ficaram feridas.

O Paris Air Show é uma das principais feiras de aviação do mundo. É o local preferido para as fabricantes apresentarem seus novos projetos. Em 1999, a russa Sukhoi apresentava na feira o caça Su-30MKI. Depois de realizar diversas manobras, o caça faria uma passagem a baixa altura sobre a pista. Durante a manobra, o avião tocou levemente o chão. Os pilotos conseguiram ganhar altura novamente, mas o toque no solo danificou um dos motores, que começou a pegar fogo. Os pilotos conseguiram se ejetar antes da queda e o acidente não deixou feridos ou mortos.

Para ser piloto da Esquadrilha da Fumaça, precisa ter 1.500 horas de voo

Sobre o blog

Todos a Bordo é o blog de aviação do UOL. Aqui você encontra notícias sobre aviões, helicópteros, viagens, passagens, companhias aéreas e curiosidades sobre a fascinante experiência de voar.