IPCA
0.19 Jul.2019
Topo
Blog Todos a Bordo

Blog Todos a Bordo

Piloto de avião ganha, em média, R$ 16 mil no Brasil; veja salários da área

Vinícius Casagrande

07/02/2019 04h00

No Brasil, 66% dos pilotos de aeronaves ganham mais de R$ 11 mil (Divulgação)

Os pilotos de avião têm a maior média salarial entre 15 profissões relacionadas à aviação. No Brasil, a remuneração média da categoria é de R$ 16.470, segundo dados do Anuário Brasileiro de Recursos Humanos de 2018, elaborado pelo Instituto Brasileiro de Aviação. Segundo o documento, 66% dos pilotos recebem salários acima de R$ 11 mil, mas há também 5% ganhando menos de R$ 1.000.

O anuário aponta que são 8.326 profissionais registrados exercendo a função de piloto, sendo 98% homens e 2% mulheres. Desse total, 66% trabalham em companhias aéreas, 9% em empresas de táxi-aéreo e 3% em companhias cargueiras. Metade dos pilotos brasileiros trabalha há mais de cinco anos na mesma empresa.

Leia também:

Na lista de profissionais da aviação com os melhores salários do mercado, aparecem na sequência os engenheiros aeronáuticos, com média de R$ 12.657 (57% recebem mais de R$ 11 mil). Na terceira posição está o cargo de gerente de administração de aeroportos, com média salarial de R$ 11.671 (45% acima de R$ 11 mil).

A função da aviação com o maior número de profissionais é a de operador de atendimento aeroviário, que trabalha em aeroportos com serviço de check-in e retaguarda operacional, embarque e desembarque de passageiros, serviço de atendimento especial e setor de bagagens, entre outras. No total, são 11.812 profissionais, com uma média salarial de R$ 2.291, sendo que 81% recebem entre R$ 1.000 e R$ 3.000.

Em segundo lugar, estão os carregadores de aeronaves, profissionais responsáveis para carregar as bagagens dos passageiros e demais cargas dentro do avião. São 11.605 profissionais, com média salarial de R$ 1.683.

Os comissários de bordo ocupam a terceira posição em número de profissionais do setor, com 11.506 funcionários contratados. Segundo o anuário, 68% são mulheres e 32% são homens. A média salarial da categoria é de R$ 5.440 (43% recebem entre R$ 5.001 e R$ 7.000). Apenas 3% dos comissários brasileiros têm salário superior a R$ 11 mil.

Segundo o Instituto Brasileiro de Aviação, o objetivo do anuário é traçar um perfil detalhado do setor para traçar políticas para promover o desenvolvimento da aviação brasileira.

Média salarial de 15 profissões relacionadas à aviação civil:

  • Piloto de aeronaves: R$ 16.470
  • Engenheiro aeronáutico: R$ 12.657
  • Gerente de administração de aeroportos: R$ 11.671
  • Supervisor administrativo: R$ 7.747
  • Administrador: R$ 7.324
  • Controlador de tráfego aéreo civis: R$ 6.779
  • Técnico mecânico de aeronaves: R$ 6.240
  • Comissário de voo: R$ 5.440
  • Mecânico de manutenção de aeronaves: R$ 5.372
  • Auxiliar de escritório: R$ 4.503
  • Assistente administrativo: R$ 2.881
  • Operador de atendimento aeroviário: R$ 2.291
  • Agente de proteção de aeroportos: R$ 1.740
  • Agente de proteção de aviação civil: R$ 1.723
  • Carregador de aeronaves: R$ 1.683

Leia também:

Piloto e copiloto nunca comem a mesma refeição durante o voo

Sobre o blog

Todos a Bordo é o blog de aviação do UOL. Aqui você encontra notícias sobre aviões, helicópteros, viagens, passagens, companhias aéreas e curiosidades sobre a fascinante experiência de voar.

Mais Todos a Bordo