Topo

Dicas para (tentar) dormir melhor durante os voos

Todos a Bordo

09/08/2015 06h00

(Foto: Getty Images)

(Foto: Getty Images)

Qual a melhor posição para dormir na econômica do avião? E o melhor lugar, a melhor roupa? A menos que você tenha condições para viajar de primeira classe sempre que o voo for mais longo, sua vontade de descansar poderá ser frustrada pela realidade de poltronas estreitas e que pouco reclinam ou não reclinam, além de oferecerem pouco espaço para as pernas. Isso sem contar o barulho, que também muitas vezes é um obstáculo ao sono. Existem, no entanto, algumas maneiras de diminuir o desconforto. Richard Dawood, especialista em saúde do viajante do jornal inglês The Telegraph, listou as formas mais simples de tornar a viagem o menos cansativa possível.

Sobre os assentos: como apenas uma pequena parcela dos viajantes pode comprar passagens para a primeira classe ou executiva, o especialista recomenda aos que viajam na classe econômica que invistam, sempre que possível, em outras comodidades, como reservar assentos mais espaçosos – o que é cobrado pelas companhias aéreas.

Para quem não quiser ou não puder pagar nada a mais, a escolha do local do assento pode ser crucial para garantir bons momentos de sono. Evitar as poltronas que ficam mais à frente no avião é um bom começo, uma vez que famílias com bebês e crianças costumam ocupar esses lugares e a movimentação de comissários é mais frequente.

Questão de saúde

Outras decisões vão muito além da escolha do melhor assento: têm a ver com a sua saúde (confira a íntegra, em inglês). O especialista do Telegraph lembra que vestir roupas confortáveis é importante, tanto quanto usar meias de compressão para ajudar na circulação. Levar o próprio travesseiro também pode facilitar pegar no sono.

Quem não viaja de primeira classe ou executiva também precisará ficar atento à posição do corpo na hora de dormir. Mesmo sabendo que algumas pessoas preferem se debruçar sobre a mesinha de refeições presa ao assento logo à frente, o dr. Dawood afirma que o melhor é dormir com a poltrona reclinada. "Recline o máximo possível e fique o mais confortável que as condições permitirem".

O jornal cita uma pesquisa da Associação Britânica de Quiropraxia que vai ao encontro da declaração do especialista e também faz algumas advertências: ficar muito tempo sentado na posição reta provoca dores na região lombar e permanecer curvado, com a cabeça encostada no banco da frente, pode pressionar o pescoço, além de deixar o viajante exposto aos movimentos do assento à frente — o que atrapalha muito o sono.

Se der sorte de encontrar uma poltrona vazia ao lado é possível tentar ocupar o espaço extra, talvez optando pela posição fetal. Esta dica, no entanto, não funciona para pessoas mais altas.

Leia também: Como escolher os melhores assentos no no avião
Você pagaria mais para sair primeiro do avião? E para poder rastrear sua mala?
Por ambientes mais silenciosos, aeroportos podem restringir anúncio sonoro

Bebidas e entretenimento a bordo

Há quem acredite que bebidas alcoólicas ajudam a relaxar e dormir durante o voo, mas o melhor é evitá-las, afirma o especialista, que faz outra recomendação: "Tente beber um chá de ervas e não ingerir nenhum alimento pesado".

Ele também lembra que não é boa ideia ficar muito tempo assistindo à TV, porque a luz da tela deixa o cérebro ligado. "Se o ambiente estiver muito barulhento, tente ouvir alguma música relaxante, talvez com o uso de fones de ouvido que bloqueiam ruídos. Se houver barulho demais, uma saída pode ser ouvir algo mais alto".

Tomar remédios para dormir deve ser a última alternativa. Apesar de ajudarem a superar o barulho e o desconforto, os medicamentos – indicados por médicos – só devem ser uma alternativa para voos mais longos e quando o passageiro poderá dormir na posição deitada, o que só é possível na primeira classe ou executiva.

"Tomar um remédio de ação prolongada em um voo curto pode fazer com que você se sinta sonolento e desorientado, incapaz de agir em uma situação de crise e com uma lembrança comprometida dos acontecimentos durante o voo. Discuta a melhor opção com seu médico", alerta Dawood.

Sobre o blog

Todos a Bordo é o blog de aviação do UOL. Aqui você encontra notícias sobre aviões, helicópteros, viagens, passagens, companhias aéreas e curiosidades sobre a fascinante experiência de voar.

Todos a Bordo