PUBLICIDADE
IPCA
0,36 Jul.2020
Topo

Como escolher os melhores assentos no avião

Todos a Bordo

23/07/2015 06h00

Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

As companhias aéreas já dão a dica na hora da reserva ao cobrarem pelos lugares mais confortáveis nos aviões. Também é fácil deduzir que, quanto maior a antecedência da compra das passagens, maior a possibilidade de conseguir um bom lugar no voo. Mas também existem outras formas de saber onde estão localizados os assentos mais adequados às suas necessidades sem necessariamente ter de pagar mais. Na busca por mais conforto ou para evitar situações incômodas durante a viagem, alguns sites podem ser bem úteis.

Um deles é o Seat Guru, do Tripadvisor, que oferece um mapa do avião usado pela companhia aérea em determinado voo. O desenho indica por cores as características favoráveis ou desfavoráveis de alguns assentos (amarelo e vermelho devem ser evitados). São informações como um assento sem janela ou com reclinação limitada. Ou ainda detalhes mais específicos. Em uma busca aleatória, o blog encontrou um detalhe curioso sobre um modelo da Boeing usado pela British Airways que conta com uma categoria intermediária entre a primeira classe a e econômica na qual dois lugares apresentam um problema, segundo relatos de passageiros: devido à configuração dos assentos, a porta do banheiro, quando não é bem fechada, acaba abrindo fica batendo na poltrona, se ela estiver na posição 'cama'.

O site Seat Expert oferece um serviço semelhante. Avisa qual assento é mais estreito, qual fica em uma área movimentada do avião, qual tem mais espaço para as pernas, mas tem uma visão limitada da janela, ou ainda, se a poltrona da frente não reclina (positivo), ou o próprio assento não reclina (negativo). Também há uma seção de perguntas e respostas.

O Routehappy é um pouco diferente, ele avalia o voo como um todo atribuindo uma nota, ou um 'índice de felicidade', com base na distância entre os assentos em determinado avião, layout dos assentos no avião (se as fileiras têm configuração 2-4-2 ou 3-4-3), e comodidades oferecidas, como acesso à internet e opções de entretenimento. Até mesmo a rota do voo influencia na pontuação. Viagens com muitas conexões, por exemplo, pontuam menos do que voos diretos. Com essa avaliação é feito um ranking com os melhores e piores voos para a data indicada – a lista inclui os preços de cada passagem.

Além dos sites que desvendam os detalhes de cada assento também há estratégias para tentar melhorar a experiência de voo. Uma delas está ligada à poltrona do meio, que tende a ser a menos atrativa na hora da compra. Exatamente por este motivo, há quem diga que, ao viajar em dupla, vale selecionar um assento na janela e o outro no corredor, na mesma fileira, quando ela está vazia. Haveria uma possibilidade maior de o assento do meio não ser adquirido e, caso acabe ocupada, seria mais fácil negociar com o passageiro para trocar de lugar, uma vez que ele ficaria com um lugar teoricamente melhor no corredor ou na janela.

O blog Travel Codex afirma ainda que, em aviões com configuração 3-3-3, a estratégia para deixar o banco do meio vazio funciona melhor nas fileiras da esquerda e da direita. Isso porque quem não tiver outra escolha a não ser o assento do meio vai preferir o da fileira do meio, que o obrigará a incomodar apenas um passageiro quando quiser levantar.

Sem ninguém na frente

Os assentos localizados nas divisórias do avião, isto é, nas áreas que separam diferentes categorias, costumam ser cobiçados por não terem uma fileira de poltronas logo à frente. No entanto, também há desvantagens a serem consideradas. O Site Guru apontou os prós e os contras desses lugares:

Prós: Sem ninguém sentado logo à frente, nenhum assento vai reclinar em seu espaço, o que geralmente facilita na hora de sair da poltrona; também resulta muitas vezes em mais espaço para as pernas. A televisão provavelmente estará no braço da poltrona, o que permite ajustar a posição, mas pode reduzir a amplitude do assento. Para quem gosta de colocar os pés para cima, é bem mais apropriado fazê-lo contra uma divisória do que contra o assento da frente.

Contras: Nem sempre o espaço à frente é maior para as pernas. A ausência de um assento à frente significa que não haverá espaço para colocar uma bagagem de mão no chão – durante o voo, é possível deixar alguma bagagem na sua frente, mas não durante a decolagem e a aterrissagem; a mesinha ficará no braço da poltrona, que não poderá ser movimentado.

Sobre o blog

Todos a Bordo é o blog de aviação do UOL. Aqui você encontra notícias sobre aviões, helicópteros, viagens, passagens, companhias aéreas e curiosidades sobre a fascinante experiência de voar.

Todos a Bordo