Topo
Blog Todos a Bordo

Blog Todos a Bordo

Como é voar na Norwegian, aérea de baixo custo que chega ao Brasil em 2019

Vinícius Casagrande

28/11/2018 04h00

Norwegian terá voos entre o Brasil e o Reino Unido (Divulgação)

A Norwegian Air será a primeira companhia aérea de baixo custo a fazer voos de longo alcance para o Brasil. A empresa iniciou nesta terça-feira (27) a venda de passagens para a rota entre o Rio de Janeiro e Londres (Reino Unido). A companhia aérea de baixo custo Sky começou a operar no país neste mês, mas somente voos entre o Brasil e o Chile. Desde maio, a Joon voa entre Paris (França) e Fortaleza, mas a companhia não se assume oficialmente como de baixo custo.

A Norwegian promete se diferenciar pelo preço das passagens. Para isso, no entanto, oferece menos serviços gratuitos a bordo. O Boeing 787-9 Dreamliner que voará ao Brasil, por exemplo, contará apenas com as classes econômica e econômica premium (não haverá primeira classe ou executiva).

Leia também:

Para aproveitar as tarifas mais baixas, o passageiro não tem direito a bagagem despachada (apenas uma mala de mão de até 10 kg), marcação de assento antecipada nem mesmo refeições a bordo durante as mais de 11 horas de voo. Tudo isso tem que ser pago à parte, por US$ 45 (R$ 175) cada item por trecho.

Avião

O Boeing 787-9 Dreamliner da Norwegian Air tem capacidade para até 344 passageiros. No entanto, o mapa de assentos apresentado pelo sistema para o voo inaugural entre o Rio de Janeiro e Londres mostra 338 lugares, sendo 56 na econômica premium e 282 na econômica. O voo tem previsão de 11h10 de duração na ida e de 11h25 na volta.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por Norwegian (@flynorwegian) em

Os aviões da Norwegian têm uma pintura inconfundível, com o nariz pintado de vermelho e o restante da fuselagem em branco. Além disso, a empresa costuma pintar a cauda dos aviões com a imagem de personalidades, como a atriz sueca Greta Garbo, o pintor norueguês Edvard Munch e o explorador irlandês Tom Crean. Quando chegou à Argentina, seu primeiro avião trouxe a imagem do compositor de tango Astor Piazzolla.

A Norwegian utiliza o aeroporto de Gatwick (44 km ao sul de Londres). Há um trem que liga o terminal de passageiros à estação Victoria, no centro de Londres. A viagem dura 30 minutos. A British Airways e a Latam operam no aeroporto de Heathrow (27 km a oeste de Londres), mas a ligação de metrô até o centro de Londres leva praticamente o mesmo tempo.

A diferença é o preço da passagem. Uma passagem do aeroporto de Heathrow para o centro de Londres custa 6 libras (R$ 29,60), mas com o Oyster Card (cartão do metrô) o valor cai para 3,10 libras (R$ 15,30). O trem expresso entre o aeroporto de Gatwick e o centro de Londres custa 17,80 libras (R$ 87,80).

Classe econômica premium


Os assentos da classe econômica premium têm entre 109 e 117 centímetros de espaço entre eles, dependendo da configuração do avião. A configuração da cabine é 2-3-2. Assim, a cada fileira, apenas um passageiro fica sentado no meio. Os demais estão na janela ou no corredor.

Os assentos contam com tomada para recarregar smartphones, tablets ou notebooks. As telas individuais para entretenimento não ficam no encosto do assento à frente. Elas estão no braço da poltrona e precisam ser erguidas para o passageiro assistir aos filmes, séries ou mapa do voo.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por Norwegian (@flynorwegian) em


O serviço de bordo conta com uma refeição completa, com entrada, prato principal e sobremesa, e uma refeição leve durante o voo. Além disso, o passageiro pode solicitar drinques durante todo o voo.

As refeições, o despacho de duas malas de até 20 kg e a marcação antecipada do assento já estão inclusos no valor da passagem.

Classe econômica


Na classe econômica, o espaço é mais reduzido. A distância entre as poltronas é de 81 centímetros. Os assentos são mais estreitos. Cada fileira conta com duas poltronas a mais. Na econômica, a configuração é 3-3-3, padrão para a classe econômica no Boeing 787-9 Dreamliner.

As telas de entretenimento são fixas no assento da frente, com telas sensíveis ao toque. Segundo a Norwegian, são mais de 150 horas na programação de filmes e séries. Os monitores contam com uma entrada USB, que pode ser usada para recarregar smartphones ou tablets.

Interior do Boeing 787 da Norwegian que será usado nos voos para o Brasil (Divulgação)

O serviço de bordo da classe econômica também é limitado. Na tarifa mais baixa, o passageiro não tem direito a nenhuma refeição durante o voo. A empresa vende comida e bebida a bordo. O passageiro pode fazer o pedido diretamente na tela de entretenimento, inclusive fazendo o pagamento ali mesmo com o cartão de crédito.

Compra da passagem e de adicionais

O site da Norwegian Air já apresenta uma versão em português. Alguns recursos, no entanto, continuam em inglês, como o calendário de datas.

Além disso, os preços das passagens são apresentados em dólares. Com isso, a compra da passagem fica sujeita à variação cambial até o dia do pagamento da fatura e ainda há cobrança de 6,38% de IOF (Imposto sobre Operações Financeiras).

No momento de preencher os dados pessoais, o passageiro que optou pela tarifa mais baixa tem de escolher se viajará somente com a bagagem de mão ou se pretende comprar o despacho de bagagem por US$ 45 para uma mala de até 20 kg. Na tela seguinte, o sistema apresenta a possibilidade de pagar pela marcação de assento por mais US$ 45.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por Norwegian (@flynorwegian) em


Antes de concluir a reserva, ainda aparece a opção para a compra de refeição a bordo por mais US$ 45. Quem opta pelas refeições, pode escolher entre nove cardápios diferentes, como menu infantil, judaico, muçulmano, vegano, vegetariano, para diabéticos, sem glúten, sem lactose ou menu normal, com entrada, prato principal e sobremesa, além de bebida. Todos têm o mesmo preço.

Para quem pretende usar todos esses serviços (bagagem, marcação antecipada de assentos e refeição) é mais indicado comprar a passagem na tarifa superior, a LowFare+, que já inclui todos esses serviços. A diferença de preço para a básica LowFare é de US$ 90 (R$ 349). Se for pagar pelos três serviços separadamente, o valor será de US$ 135 (R$ 523).

Há ainda opção de pagar para despachar bagagem especial, como equipamentos esportivos, que variam de US$ 70 (R$ 272) a US$ 80 (R$ 311), seguro para cancelamento em caso de doença por US$ 12 (R$ 46) ou fazer uma doação de US$ 3 (R$ 11) a US$ 15 (R$ 58) para o Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância).

Somente depois de todos esses passos, o passageiro chega à página de pagamento para inserir os dados do cartão de crédito. E aí tem uma nova surpresa. O pagamento nos cartões de crédito American Express, MasterCard e Visa tem uma taxa extra de US$ 14,20 (R$ 55) para passagens de ida e volta. Somente os cartões de débito Visa e MasterCard são isentos de taxa.

Preços

Apesar de prometer preços mais competitivos, pesquisa do blog Todos a Bordo nesta terça-feira mostrou que os preços da Norwegian Air estão bem próximos aos da British Airways, que também tem voos direto entre Rio de Janeiro e Londres e não é considerada de baixo custo.

Veja algumas comparações de preço nas tarifas mais baratas de cada empresa:

Ida em 31 de março e volta em 8 de abril

  • Norwegian: US$ 699,80 (R$ 2.732)
  • British Airways: US$ 728,54 (R$ 2.841)
  • Latam (duas conexões na ida e uma na volta): R$ 3.882

Ida em 1º de maio e volta em 12 de maio

  • Norwegian: US$ 689,90 (R$ 2.681,60)
  • British Airways: US$ 698,54 (R$ 2.715)
  • KLM (conexão em Amsterdã): R$ 4.004

Ida em 2 de junho e volta em 16 de junho

  • Norwegian: US$ 729,80 (R$ 2.834)
  • British Airways: US$ 698,54 (R$ 2.715)
  • TAP (conexão em Lisboa): R$ 3.700

Ida em 6 de julho e volta em 21 de julho

  • Norwegian: US$ 1.069,80 (R$ 4.163)
  • British Airways: US$ 1.435,54 (R$ 5.586)
  • Lufthansa (conexão em Frankfurt): R$ 5.304

Diferentemente do publicado, Astor Piazzolla é compositor e bandoneonista, e não cantor. O texto foi corrigido.

Leia também:

O que são aqueles rastros brancos que alguns aviões deixam no céu?

Qatar estreia nova classe executiva com cama de casal em voos para o Brasil

Empresa asiática é eleita melhor aérea de baixo custo pelo 10º ano seguido

Sobre o blog

Todos a Bordo é o blog de aviação do UOL. Aqui você encontra notícias sobre aviões, helicópteros, viagens, passagens, companhias aéreas e curiosidades sobre a fascinante experiência de voar.