PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Novo avião da Gol fará voo sem escala aos EUA

Todos a Bordo

28/08/2018 14h41

Gol tem encomenda de 135 aviões do modelo Boeing 737 MAX (Divulgação)

A Gol apresenta oficialmente nesta terça-feira (28) o novo Boeing 737 MAX 8, modelo de avião que será responsável por uma renovação completa da frota da companhia. O avião fará os novos voos sem escala da Gol para os Estados Unidos. Na parte interna, no entanto, o Boeing 737 MAX é bastante semelhante ao atual modelo usado pela companhia.

A Gol tem uma encomenda total de 120 aviões do modelo e mais 15 do Boeing 737 MAX 10. A primeira unidade foi entregue à companhia brasileira no final de junho, e o segundo avião chegou ao Brasil na semana passada. O novo modelo já está em operação pela companhia, em voos nacionais, desde o dia 7 de julho.

O novo Boeing 737 MAX é uma atualização da família 737, que foi inicialmente lançada pela fabricante norte-americana em abril de 1967. Em março, o Boeing 737 atingiu a marca de 10 mil unidades produzidas. É o jato comercial mais popular da história.

Leia também:

Nova aérea "econômica" começa a operar no Brasil, ligando Fortaleza e Paris
Empresa asiática é eleita melhor aérea de baixo custo pelo 10º ano seguido
Avião leva até 7.000 itens por voo só para serviço de bordo de passageiros

Modelo recebeu novas asas e motores que deixam o avião mais econômico (Divulgação)

O novo modelo recebeu melhorias aerodinâmicas, novas asas e motores mais eficientes. Essas mudanças fizeram com que o avião gastasse 15% a menos de combustível em relação à versão anterior, conhecida como NG (Next Generation, ou Próxima Geração).

O novo modelo também permitirá que a Gol passe a operar rotas mais longas. Como gasta menos combustível, o avião pode ir mais longe. A partir de novembro, a Gol terá voos sem escala saindo de Brasília (DF) e Fortaleza (CE) com destino a Miami e Orlando, ambas nos Estados Unidos.

Modelo utiliza o mesmo padrão interno de cabine dos atuais aviões (Divulgação)

O voo entre Brasília e Orlando será o mais longo do mundo a ser operado com um Boeing 737. O trajeto tem 6.254 quilômetros de distância. O modelo tem autonomia de 6.500 quilômetros, além da reserva obrigatória para situações de emergência.

Com o novo avião, a Gol também poderá ampliar sua malha aérea para voar para outras cidades da América Latina, segundo Celso Ferrer, vice-presidente de Planejamento da Gol.

Na parte interna, os novos aviões terão a cabine Sky Interior, já presente na frota atual da empresa, que inclui sistema de iluminação de LED, poltronas mais ergonômicas e leves em couro sintético e acesso à internet, que permite assistir à TV ao vivo por meio do aplicativo da companhia.

Os assentos contam com um novo apoio de cabeça e suporte para tablet, que funcionam como monitores individuais de entretenimento. A Gol afirmou que a parede do banheiro no fundo da aeronave foi alterada para que as últimas poltronas também pudessem reclinar.

Segundo a Gol, outras mudanças no novo avião são bagageiros maiores para as malas de mão e assentos mais finos que permitem mais espaço para as pernas. A companhia aérea, no entanto, não informou quanto teria crescido o espaço para pernas nem quantas malas a mais caberiam.

Avião terá poltronas em couro sintético (Divulgação)

Leia também:

Jato mais barato do mundo pode ser financiado em 60x; veja valor da parcela
Avião chinês quer entrar no mercado brasileiro para fazer voos regionais
Acompanhamos a entrega de um avião 0 km da Embraer até a Holanda

Sobre o blog

Todos a Bordo é o blog de aviação do UOL. Aqui você encontra notícias sobre aviões, helicópteros, viagens, passagens, companhias aéreas e curiosidades sobre a fascinante experiência de voar.