Todos A Bordo

Aeroportos antigos viram hotéis, pista de boliche e abrigo para refugiados

Todos a Bordo

O que acontece com um aeroporto desativado? A resposta, para a maioria deles, é simples: fica abandonado. Alguns deles transformam-se em lugares, no mínimo, assustadores, como o Aeroporto Internacional de Nicosia, na Ilha de Chipre. Em 1974, ele foi bombardeado pelo exército turco e desde então está abandonado.

Mas outros ganham nova roupagem e se transformam em hotéis, centros esportivos, praças e até pistas de boliche. Conheça alguns:

– Parque nos EUA

Imagem do Aeroporto em 1994 e atualmente.  Crédito: Wikipedia

Imagens mostram o aeroporto de Floyd Bennett em 1948 e nos dias atuais. Crédito: Wikipedia

Inaugurado em 1931, o Floyd Bennett, foi o primeiro aeroporto de Nova York e um dos principais da cidade. Foi substituído pelo Aeroporto de Newark e em 1972 transformou-se em uma área de recreação nacional americana. Hoje é um parque público com alguns edifícios históricos que fizeram parte do aeroporto.

  • Hotel em Terminal
Reprodução/DailyMail

Imagem do antigo terminal da TWA (esq) e como ele deve ficar após a reforma (dir). Créditos: Reprodução/DailyMail

Em 1962, a companhia aérea americana TWA construiu um terminal no aeroporto internacional JFK (Nova York) tão sofisticado que ficou conhecido como símbolo da “Era do Jato”. Na década de 90, a companhia passava por dificuldades financeiras e em 2001 foi vendida para a American Airlines, que desativou o espaço. Desde então, o local já abrigou exposições de arte e agora prepara-se para virar um hotel de luxo com 505 quartos, bares, salas de reunião e spa.

– Pista de boliche

Imagem da torre do aeroporto em 1995 (esq) e como ela deve ficar no segundo semestre de 2016 (dir.)  Reprodução DailyMail e Punch Bowl

Imagem da torre do aeroporto em 1995 (esq) e como ela deve ficar no segundo semestre de 2016 (dir.)
Créditos: Reprodução DailyMail e Punch Bowl

O aeroporto de Stapleton, em Denver (Colorado, EUA), ficou ativo de 1929 a 1995. Em julho de 1997, uma tempestade causou graves danos à sua estrutura, por isso teve que ser derrubado completamente, restando apenas a torre de controle. No ano passado, uma rede americana de entretenimento e comida chamada Punch Bowl resolveu transformar a antiga torre do local em um centro de diversão com pista de boliche para 600 pessoas. A previsão é que o empreendimento seja aberto no segundo semestre de 2016.

– Centro de refugiados

À esquerda, aeroporto de Tempelhof em funcionamento. Na imagem seguinte, soldados montam cama para imigrantes em hangar. Créditos: Reprodução Daily Mail e Hannibal Hanschke/Reuters

À esquerda, aeroporto de Tempelhof em funcionamento. Na imagem seguinte, soldados montam cama para imigrantes em hangar. Créditos: Reprodução Daily Mail e Hannibal Hanschke/Reuters

O aeroporto de Tempelhof foi construído em 1930 pelos nazistas e usado por pilotos aliados para ajudar moradores da parte ocidental de Berlim durante a Guerra Fria. Foi desativado em 2008 e se transformou em um lugar que abriga shows de rock, eventos corporativos e festivais. Agora, o aeroporto se prepara para ser um abrigo para refugiados, em um momento em que a Alemanha recebe o maior fluxo de imigrantes desde a Segunda Guerra. 

Leia também: 

Aeroporto em Londres cria sala de ioga para passageiros relaxarem

Caminho de uma mala dentro de aeroporto parece montanha-russa de robôs