Todos A Bordo

Novos projetos imaginam avião com assentos deslizantes e poltronas beliche

Todos a Bordo

Não param de surgir tentativas de mudar a forma como os assentos são distribuídos atualmente nos aviões. Duas novas propostas imaginam uma configuração bem diferente da encontrada atualmente a bordo. Em uma delas, as poltronas do corredor deslizam sobre as do meio, criando mais espaço para embarque e desembarque. Na outra, o fundo da aeronave ganha uma área com assentos que se transformam em caixas de dormir.

O projeto dos assentos deslizantes, desenvolvido por uma empresa americana de design para aviões, aumenta em duas polegadas (cerca de 5 centímetros) o espaço da poltrona do meio – a menos atraente para os passageiros – em comparação com as da janela e do corredor.

Também permite que, ao aperto de um botão, a poltrona do corredor deslize por cima do assento do meio, liberando mais espaço para as pessoas caminharem no meio do avião, o que tornaria embarque e desembarque mais fáceis e rápidos. Para que essa movimentação seja possível, a poltrona do meio fica um pouco abaixo e um pouco atrás das outras duas da fileira.

Leia também: Assentos que vão para frente e para trás: fim do aperto nos voos?
Como escolher os melhores assentos no avião

Segundo a Molon Labe Designs, o espaço no corredor do avião pode passar de 19 para 41 polegadas (48 para 104 centímetros de distância entre as fileiras).

“Quando você para no corredor para tirar o casaco e pegar seu iPad, todos os outros também param. Agora, a fila não precisa parar. É só sair do caminho e deixar as pessoas passarem”, disse ao jornal ''Denver Post'' o engenheiro Hank Scott, autor do projeto.

A empresa agora busca a certificação do projeto para que ele possa ser oferecido às companhias aéreas.

Caixas de dormir

Os fabricantes de aviões apresentam com frequência pedidos de patente com novidades que podem nunca sair do papel, mas que foram consideradas viáveis em algum momento.

A Airbus fez uma solicitação (link encurtado http://zip.net/bmr6S3) para um modelo de assento da classe econômica que funciona como um beliche. Os módulos (caixas de dormir) são dispostos lado a lado e/ou um acima do outro, em três níveis.

O projeto prevê que cada caixa será equipada com os mesmos dispositivos oferecidos nos assentos convencionais: cinto de segurança, máscaras de oxigênio, ar condicionado e lâmpada. Também terá uma câmera de vídeo para que o passageiro possa ser monitorado pela tripulação. Um sistema de som permite a comunicação com comissários e também a transmissão de avisos de decolagem, aterrissagem ou de alguma situação emergencial.